segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

As bem-aventuranças dos "pastores idiotas"


Bem-aventurados sois vós, "pastores idiotas", quando fordes xingados com este epíteto simplesmente por acreditardes no que disse Jesus: "Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem consomem, e onde os ladrões minam e roubam" (Mateus 6.9). Tal ato insano, ao invés de vos maldizer, mostra que ainda estais firmes na verdade.

Bem-aventurados sois vós, "pastores idiotas", que não sucumbistes aos "encantos" da teologia da prosperidade por compreender que "os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína" (1 Timóteo 6.9). Não vos entristeçais, nem penseis que estais sozinhos. Há muitos outros "idiotas" convosco, inclusive o apóstolo Paulo.

Bem-aventurados sois vós, "pastores idiotas", por não vos curvardes aos arautos que vos maltratam em virtude de crerdes que aos ricos deste mundo a Palavra de Deus ordena: "Não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas" (1 Timóteo 6.7). Tal maldição é, na verdade, um reconhecimento de que pondes a vossa confiança não nas riquezas desta vida, mas na abundância que vos é dada para a glória de Deus.

Bem-aventurados sois vós, "pastores idiotas", que resistis aos apelos dos que vos querem enredar com o brilho do ouro que perece, porque vós bem sabeis que é vosso dever continuardes a ensinar às suas ovelhas "que façam o bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente, e sejam comunicáveis" (1 Timóteo 6.18). Saibais que outros "pastores idiotas" iguais a vós foram já recebidos na glória e aguardam o precioso galardão.


Bem-aventurados sois vós, "pastores idiotas", porque não perdestes a visão da semeadura e, por isso mesmo, sabeis que não se ganham almas com o glamour das riquezas humanas, mas com a sementeira do evangelho. Sem esquecerdes da advertência da parábola do semeador, que diz: "Os cuidados deste mundo, e a sedução das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera" (Mateus 13.22).

Bem-aventurados sois vós, "pastores idiotas", por não perfilardes o triunfalismo da pregação humanista, centrada no homem, que enriquece a quem prega e defrauda a quem ouve. Ainda que vos pareça estardes "fora do modelo contemporâneo", alegrai-vos porque continuais apegados ao modelo bíblico, que diz: "Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo" (Gálatas 6.14).

Bem-aventurados sois vós, "pastores idiotas", que embora injuriados pela vossa pregação "arcaica", ainda carregais no bolso do vosso coração a credencial de servo do Altíssimo, enquanto alguns já a trocaram pelas credenciais de semideus, arrogante e soberbo e usam-na ao sabor das circunstâncias para se locupletarem em cima da lã de suas ovelhas.

Bem-aventurados sóis vós, "pastores idiotas", que, enquanto alguns voam os céus do mundo em modernos jatinhos, trafegam as grandes avenidas em luzentes automóveis e se deleitam nos mármores de grandes mansões, o vosso prazer é estar junto das ovelhas, alegrardes com elas e, se preciso for, dar por elas a vossa própria vida. Não vos esqueçais que outros "idiotas" iguais a vós se encontram já no Reino do Pai.


Bem-aventurados sois vós, "pastores idiotas", que preferis o "prejuízo" da coerência, da fidelidade a toda prova aos princípios imutáveis da Palavra de Deus, do que sucumbirdes - ainda que tentados - às lentilhas que se vos oferecem para amenizar eventuais necessidades imediatas. Mais vale o pão dormido da consciência tranquila do que os banquetes da consciência aprisionada.


Bem-aventurado sois vós, "pastores idiotas", pelo modo como sois tratados por amor do nome do Senhor e por não vos enredardes pelo brilho passageiro da glória humana. Não sois melhores por isso, mas também não sois piores. Todavia, enchei o vosso coração de alegria porque o vosso nome faz parte da galeria dos heróis da fé que professam somente a Cristo e têm Deus como o bem maior da vida. Tende como lema o que Paulo ensinou: "Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos" (Filipenses 4.4).


Assina um "idiota" como todos vós.

52 comentários:

Anônimo disse...

E esse pastor idiota, que comenta, endossa

Pr Rovanildo Soares

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamigo pr. Geremias do Couto,

A paz amado,

Grato sou a Deus por ter lido a sua matéria e poder reavaliar a minha postura, diante das informações, sobre quem pode ser ou não um idiota, esta noticiada nos meios de comunicação.

Sinto-me fazer parte do grupo especial, já bem conhecido, como o grupo dos idiotas bem-aventurados.

Nunca senti tamanha alegria ao ser chamado de idiota.

O Senhor seja contigo, meu amigo, nobre e um dos pastores idiotas a quem considero um servo de Deus,

O menor de todos os menores. Um Tradiconal Pentecostal.

O maior de todos os idiotas.

MINISTÉRIO BATISTA BERÉIA disse...

Graça e paz Pr. Geremias.
É muito bom saber que eu sou um bem-aventurado por ser um idiota.
Fique na Paz!
Pr. Silas Figueira

Clóvis Gonçalves disse...

Pr. Geremias,

Dou graças a Deus por existirem pastores "idiotas" como o irmão e muitos outros. Sim, digo que há muitos, embora pareçam poucos pois ao invés de estarem na TV achacando incautos estão misturados às ovelhas sob seus cuidados.

São:

(I)ntegros no caráter
(D)edicados ao ministério
(I)ncansáveis na obra
(O)rtodoxos na doutrina
(T)ementes ao Sumo Pastor
(A)morosos com os adversários
(S)ábios em suas decisões

Em Cristo,

Clóvis
Bem-aventurado por ser pastoreado por um "idiota"

Pastor Geremias Couto disse...

Caro Clóvis:

Excelente acróstico. Muito criativo. Vale a pena reproduzi-lo.

Abraços!

ROBSON SILVA disse...

Meu querido, PAZ te seja multiplicada!

Me sinto um verdadeiro idiota tendo que comentar aqui neste espaço tão precioso sobre um tema que deveria passar de largo dos santos do Senhor...

Mas entendo que a sátira e a ironia sempre foram excelentes instrumentos literários ou artístico para se dizer aquilo que muitos não se dispõem a ouvir...

Que o Senhor prossiga te abençoando, meu amigo, e que possamos gozar de dias melhores no seio da amada Igreja.

Forte abraço!

N'ELE, esperança da Glória,

Prossigo para o Alvo...

valdo josé disse...

Excelente artigo Pr. Geremias, que Deus continue lhe abençoando!
Sou mais um destes idiotas, amém!

Waldir disse...

Pastor Geremias, parabéns!. Sensacional! Muito providencial o texto.

Jacó Rodrigues Santiago disse...

E o que tem de pastores "idiotas", mas que vão entrar no céu não está escrito. Infelizmente, muitos que "não são idiotas" terão uma surpresa desagradável no arrebatamento da igreja. Excelente matéria m estimado Pr. Geremias!

Anônimo disse...

"Não temais , pastores "idiotas", pois ao Pai agradou dar-vos o Reino."

Ronaldo Gomes disse...

"Em se falar de "idiota",com certeza me incluo nesse grupo;e faço o maior esforço,em permanecer assim,até a minha partida para eternidade".MEU PASTOR se já o admirava antes,agora é com alegria que lhe dou os parabéns-seu conservo(EVANGELISTA Ronaldo Gomes-A.D.BETEL-OLINDA -PERNAMBUCO-BRASIL.

Pastor Edinaldo Domingos disse...

Amados A Paz do Senhor.

Portanto Ide e fazei "idiotas" de todas as nações, ensinando-os a guardar todas as "Bem-aventuranças dos Pastores idiotas", assim tereis pouco dinheiro, mas eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos seculos.


http://pr-edinaldodomingos.blogspot.com/

Francikley Vito disse...

É exatamente isso! Quando abandona-se a Verdade, qualquer mentira nos serve de consolo. Maravilhoso texto. Parabéns, Pr. Geremias!

Mario Sérgio disse...

Pastor Geremias,

Recentemente, assisti um vídeo do professor Mario Sérgio Cortella, em que ele explicava o sentido histórico da palavra idiota. A palavra idiota é de origem grega e vem do termo idiótes, que significa o homem privado, num sentido de oposição ao homem público. Foi o general e estadista Péricles (495–429 a.C.) quem classificou de idiótes (idios: separado, privado), os cidadãos que não se preocupavam ou não se ocupavam das questões referentes à Atenas, cuidando exclusivamente de suas ações e assuntos particulares.

A democracia ateniense funcionava sob a ideia de participação coletiva nas suas decisões. Desta forma, aqueles que abandonavam esse dever eram tratados com desprezo. Por este motivo, a palavra rapidamente se transformou em insulto contra os que assim se posicionavam.

Diante das argumentações históricas, e contextualizando a expressão, ser idiota diante do que ai está colocado em seu texto, é um elogio.

Abraço!

Josélio disse...

Nunca me senti tão bem em ser um idiota como o Pr Geremias do Couto e muitos outros.

JOELSON GOMES disse...

Ótimo escrito, estou republicando no GRAÇA. Deus o abençoe.

Joelson Gomes
http://gracaplena.blogspot.com

Simone Faith disse...

A Paz do Senhor, pastor Geremias.

Incrível o seu texto! Fiz questão de repostá-lo em meu blog, citando a fonte.
Abraços de uma ovelhinha idiota.

Simone Faith
@simoneffaith

Paulo disse...

A Paz do Senhor, pastor Geremias.

Poético,inspirativo e sobretudo bíblico este texto.

Parabéns pela "idiotice".(risos).

Tem que ser "muito louco" ou "idiota" para escrever um texto deste. Mas não se preocupe, mesmo assim, e fazendo assim você não errará o Caminho (Is 35.8b).

Continue firme sem sair do Caminho, pois breve ele ficará mais estreito ainda,e irá exigir além de mais "idiotices", muita coragem e fé.

Abraços
PAULO MORORÓ

Pr. Raphael Melo disse...

Realmente bem aventurado é o que sofre perseguição e é injuriado por amor a Cristo! Louvado seja o Nome do Senhor! Escrevi um artigo falando um pouco destes lobos:
O Teatro dos Lobos - Jesus-evangelho

Que o Senhor nos dê ousadia até a morte!

Site da Igreja Apostólica Palavra Viva - Jesus-evangelho

Rovanildo disse...

Confesso que me emocionei ao ler o texto. Fico feliz em saber que há tantos idiotas como eu que só se curvam ao Deus vivo. Eu já me sentia quase como Elias: Mataram todos os Teus profetas (idiotas) e só eu fiquei. Mas graças a Deus que assim como havia outros idiotas que como Elias não se curvaram a Baal, existem um grande numero desses hoje que não se curvaram a mamom.

Paz e graça e obrigado pelo confortador texto.

Geovani Figueiredo dos Santos disse...

A paz do Senhor Jesus, Pastor Geremias do Couto. Inspirado em suas magníficas palavras, também compus as minhas bem-aventuranças. Homenagem a todos os pastores, que à semelhança do senhor, não negociam os valores do Evangelho de Cristo. Que Deus continue abençoando o seu fecundo ministério!

Bem-aventurados os pastores "idiotas" que empunham a verdade, arma perfeita contra as densas trevas que nos espreitam!

Bem-aventurados os pastores "idiotas"que mantém viva a chama imorredoira da santidade e dos princípios apostólicos, sem jamais deles transigir!

Bem-aventurados os pastores "idiotas" que ainda guardam a fé e se resguardam da apostasia, desta forma preservando suas almas e as almas de suas ovelhas do erro.

Bem-aventurados os pastores "idiotas" que não se vendem a Mamon e, tampouco, negociam o Evangelho!

Bem-aventurados os pastores "idiotas" que serão transportados à glória com espírito impertérrito quando a trombeta ressoar!

Fruto do Espírito disse...

Paz Pastor Geremias!

As bem aventuranças do pastor "idiota", parece estar em extinção...

O que alegra o meu coração é saber que o amado pastor, faz parte dos Sete mil que não se dobraram a "Baal" e que também não compactua com o deus "Mamon".
Dou glorias a Deus pela sua vida e também pela coragem e comprometimento com a Verdade.

Parabéns!

Aguardo sua visita no meu humilde espaço, fique a vontade para comentar, se gostar, será uma honra tê-lo como seguidor.
Já estou seguindo seu abençoado blog, não poderia ficar de fora dessa benção!!!

http://frutodoespirito9.blogspot.com/

Em Cristo, sempre.

***Lucy***

Moyses Godoi disse...

Meeeeuuu Deus!!!!!!

Estou sendo idiotizado então, pois são estes pastores a quem creio serem os portadores do Evangelho de Cristo!!!

E agora?

Huuumm, prefiro ficar sendo idiotizado, afinal como diz um trecho maravilhoso desse belo post:

Mais vale o pão dormido da consciência tranquila do que os banquetes da consciência aprisionada.

Daladier Lima disse...

Reservei em Israel sete mil idiotas, que não ser curvaram a Mamom, nem o beijaram, nem lhe deram espaço, nem seguiram seus passos... Que Deus tenha piedade, não tenho raiva de pastores como o Silas, tenho dó. Um dia a casa cai.

PR MAURICIO BRITO disse...

Agradeço a Deus por Deus ter dado uma mente fértil e brilhante a o Pr Jeremias.

Abraços em Cristo Amigão

Cleosmar Machado disse...

Pr. Geremias,
Parabéns!
Muito belo esse texto. Graças a Deus pela inspiração.
Sendo assim, quero continuar sendo "idiota" até o dia em que teremos de prestar contas ao sumo pastor, das ovelhas a nós confiadas.
Abraço.
Pr.Cleosmar

Tânia disse...

Parabéns e muito obrigada! Por muito tempo tentei ver em mim o que estava "errado", depois desisti e prossegui...
Hoje eu descobri que também sempre fui idiota.
Deus nos ajude nesta idiotice!!!
Tânia, Pra. Capelã voluntária

Ronaldo Darino disse...

Prefiro ser um "idiota" de Cristo, do que um "esperto" de Mamom.
Parabéns pelo texto Deus o abençoe.

Gabi-Net Pastoral disse...

A Bíblia perfeita. Todavia há nela passagens em que fica a impressão que Deus supera a si mesmo ou que a Bíblia supera a Bíblia. Refiro-me a Hebreus 5.1-3. É a passagem da Bíblia em que pauto meu ministério. Fica claro que eu sou tanto mais líder de idiotas, quanto mais eu pertença a esse segmento. Fica claro que eu posso compadecer-me dos idiotas porque também eu estou rodeado de idiotices. Não ficou espaço naquele modelo de liderança para quem estivesse mentalmente perto de Deus. Todo sumo-sacerdote não é mais delegado de Deus junto aos homens do que delegado dos homens junto a Deus. Não sou mais sacerdote quanto mais pareça com Deus. Sou mais sacerdote quanto mais pareça com os homens e passa levar essa gente a Deus e, nisto, levar a mim mesmo. Não há espaço para diferençar membro (de quem até quebro um galho) de pastores (e estes devam levar cacetada). A minha idiotice me faz pastor e pastor de idiotas. No momento, até que convençam do contrário é o que me basta. Ser atácavel por natureza. Tentar não ser idiota e ficar parecido com o Altíssimo em sua inatacável sabedoria pode me fazer parecer tudo, menos um líder levantado por esse mesmo inatacável Altissimo. Em outras palavras, NÃO SER IDIOTA É UMA IDIOTICE.

xavier campos joaquim disse...

Paz do Senhor amado pastor.
Um que sinceramente marcará a geração dos "idiotas".
Que Deus em Cristo te abençoe nobre pastor.

Xavier Campos

wellington disse...

Que bom saber que mesmo não sendo pastor, não estou só como idiota, pois me enquadro perfeitamente nesta opinião de não aderir a este evangelho mercantilista que tem tirado o brilho de muitos líderes. O dom ministerial não é comprado, e sim, dado por Deus e isto nunca vai mudar. Meus parabéns pastor Geremias que Deus continue lhe dando autoridade para se manter na palavra. Um abraço e fique na paz do Senhor Jesus Cristo!

Evanir disse...

Estou aqui no seu blog através do blog do Pr:Alberto esse ser humano abençoado por Deus.
Conheço a muito pouco tempo o Pr: Alberto mais o suficiente para entender o quando é bom de coração.
Hoje tem uma postagem no meu blog onde agradeço o carinho pelo livro que ele tão graciosamente me enviou.
Estou seguindo seu blog e gostaria muito de compartilhar com você minha alegria.
Sua postagem é simplesmente maravilhosa.
Fica com Deus.
Evanir..

Gleison Elias Pereira disse...

Glória a Deus!
Como foi bom e edificante poder ler este excelente texto.
Comecei meu final de semana muito bem!

Francisco Sulo disse...

A paz do Senhor, pastor Geremias.
Não vim comentar os seus textos desta vez (algumas vezes o faço). Na verdade venho expor algo que considero de importância para a igreja de Deus e considero que o senhor é maduro o suficiente para lidar com o que vou apresentar. Não é nada novo, por outro lado não considero que seja assim tão recorrente o ato de alguém expressar o que vou dizer agora.
Sou estudante do primeiro período de História numa instituição federal de ensino. Em 2004 adquiri o grau de licenciado em Normal Superior e me considero um estudante assíduo tanto das sagradas letras quanto das seculares. Há muito tempo enfrento dilemas mas sempre sobrevivi (graças a Deus!) a eles e não é que agora me vejo no fundo do poço – é que me veio à mente que talvez a igreja não esteja lidando corretamente com a questão.
No curso de História entrei em contato com textos de grandes expoentes da História como autores de outros manuais e me deparei com o óbvio: as ciências e o saber em geral – assim como as profissões seculares – exigem do estudante ou do profissional de certa área que abdiquem de qualquer princípio religioso em sua atuação secular, sobretudo no exercício da ciência ou que no máximo os limite à esfera privada. Mesmo princípios outrora caros à ciência, como a ideia de “leis” que regem os processos naturais ou cósmicos parecem ter cedido lugar a uma vaga noção de hipótese que poderá ser ou não descartada neste ou naquele momento. A História, por exemplo, caracterizar-se-á, no que diz respeito aos métodos, pela flexibilidade de seus conceitos ou noções que variarão para cada época e espaço, não sendo conveniente falar-se de verdadeiro ou falso, certo ou errado, bom ou mal, senão do ponto de vista de um determinado contexto histórico determinado. Ao historiador não cabe julgar personagens, mas sim sociedades que determinam o comportamento dos indivíduos. Parece que áreas como a Física vêm validando esse relativismo com suas novas descobertas (?) sobre a relatividade de noções de tempo e espaço. Categorias supra-históricas morais são descartadas, enfim, pois o seu conteúdo, segundo a nossa época, também é histórico, variando no espaço e no tempo. Enfim, parece que não serei um historiador que agrade à Academia ou poderei, por outro lado, ser renegado pela comunidade evangélica.
Continua...

Francisco Sulo disse...

(Continuação)
A questão, porém, não é que eu esteja cedendo ou venha a ceder posteriormente. Tenho pontos inegociáveis, como a validade de noções supra-históricas atemporais no campo da moral, por exemplo. Também não fui convencido de que as leis do cosmos sejam relativas. Por outro lado acredito que temas como o longo processo de formação da terra, o big bang, a problemática dos fósseis, são objeto de negociação dentro de determinados limites que devem levar em conta a pesquisa intensa e não uma mera adesão à teoria evolucionista.
E é exatamente neste ponto que considero o seu posicionamento importante: de que modo a igreja lida com essas questões atualmente? Como estão sendo pensadas as situações de milhares e milhares de cristãos que anualmente ingressam nos centros seculares de formação? De que modo a produção literária evangélica está se preparando para responder a esses dilemas? O conteúdo da escola dominical vai continuar no nível dos primeiro rudimentos, sem considerar a gradação de saberes e dilemas que os cristãos diversos enfrentam? E os jovens ou cristãos em geral que são cristãos na igreja mas evolucionistas no trabalho ou no mundo exterior, exatamente por não saberem lidar com essas problemáticas? E o caráter das pregações de muitas igrejas que acentuam o contraste em fé e razão, fortalecendo o discurso científico de que cristão é ignorante e é manipulado por pastores ignorantes?
Entenda-me, por favor, não estou fazendo provocações, mas externalizando o que estou vivendo e que considero pertinente para o debate evangélico atual.
Não quero render-me, como já falei, aos apelos das modas científicas da época, mas não sei até que ponto poderei fundamentar os princípios negociáveis cristãos que compartilho, até porque não somos preparados para tanto.
Espero que compartilhe meus dilemas como se o estivesse fazendo a muitos estudantes desse mundo que passam pelas mesmas dificuldades.
Como escrevi no espaço reservado aos comentários do seu texto não é necessário que este texto permaneça como comentário. É que não me esforcei para conseguir o seu e-mail.
A paz do Senhor.

Pastor Geremias Couto disse...

Caro Francisco Sulo:

Quando percebi sua sugestão de que não havia necessidade de liberar os seus textos na forma de comentários, já tinha moderado a primeira parte. Assim, resolvi liberar a segunda.

Mas se vocë pensar o contrário, fique à vontade para removê-los.

No entanto, considero o tema pertinente, pois, se dúvida, reflete o que se passa na cabeça de milhares de jovens universitários, que são membros de nossas igrejas.

Como a resposta enseja uma longa consideração, prometo dá-la na forma de postagem tão logo disponha de um tempinho livre.

Abraços!

RODRIGO RIBEIRO PEREIRA disse...

Fujam do ENGANO que é a "teologia" da prosperidade dos dias atuais. "Teologia" esta que prioriza somente a aquisição de bens materiais e de dinheiro, muuuuuuuuito dinheiro, carro, casa, apartamento... etc.
Dizem que se você não é bem sucedido financeiramente, é porque você não está alcançando as "bençãos" de Deus completamente.
E digo, sem medo de errar, que nesta "teologia" não há espaço para fieis sem renda, sem teto ou sem transporte particular. Consequentemente também não há espaço para JESUS, pois não se enquadraria nestes pré-requisitos.
Lendo a bíblia, nos evangelhos descobrimos que JESUS não teve casa pra nascer, pois seu bercinho foi uma manjedoura dentro de um estábulo. Não tinha renda pois não tinha um bom emprego. Não tinha carro, pois evangelizava andando a pé pelas estradas da judeia e regiões e às vezes de barco, que nem dele era.
Você quer seguir uma "teologia" baseada no capitalismo marxista? Ou a teologia da humildade, do amor ao próximo, da fé, da compaixão e da salvação em CRISTO JESUS?

E ESTE TEXTO SERVIU SÓ PARA OS PREGADORES DA PROSPERIDADE OU SERVIU TAMBEM PARA SI PRÓPRIO E TODA A CÚPULA DO "PAPADO" DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS?( LEIA-SE CGADB) SERÁ QUE TODOS SÃO ANJINHOS AGUARDANDO A VINDA DO SENHOR E SEREM OS PRIMEIROS A IREM PARA O CÉU? FALAR E TECER COMENTÁRIOS É FACIL,ASSIM FAZIAM TAMBÉM OS FARIZEUS, ESCRIBAS E SADUCEUS, QUERO VER DAR O EXEMPLO.

Pr. joão Luis Paim disse...

gostaria de conhecer a casa e o carro do pastor Geremias , será que ele anda de fusca ou de ônibus , será que ele vive em uma caverna ? hipocreais pastores devem cuidar de suas igrejas e deixar as outras igrejas em paz pastores devem cuidar de suas vidas , o que penso nisso é que muitos gostariam de estar onde estão Silas e RR, Valdomiro e não conseguem , vivemos os momentos finais da igreja na terra e muitos estão preocupados com o ganho do outro , e fazer sucesso sempre incomodou, não seria diferente com esses pastores que seus ministérios estão indo bem graças a Deus enquanto os outros pastores que deveriam estar cuidando de suas ovelhas estão cuidando dos outros quanto ganham . Uma missionaria me ligou do sul disse que estava doente e que o pastor l presidente não ajudou a irmã com um centavo , ela fez um pedido e ele disse que ia retornar a ligação até hoje, e eu sei que a igreja lá está cheia de dinheiro e não pregam a prosperidade , pregam a pobreza, mas não ajudam ninguém , então parem de falar. Fique em sua igreja de gloria a Deus e deixe os outros viverem em paz .havia me esquecido igrejas que o pr. geremias fala aqui na maior parte explora seus pastores e evangelistas , não dão um centavo para cuidar de igrejas, pastores que são encarregados de distritos com 50 congregações muitas vezes não ganham nem o combustível, isso é o que então ? um pastor tem o direito de viver de seu salario como diz a bíblia:Porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário.
1 Timóteo 5:18, tem mais são ratos de convenção cheia de politica um pastor que ha anos está como ditador na convenção ad , isso é o que então são todos ricos mulheres que usam joias de milhares de reais , vão para o exterior e gastam o dinheiro da igreja e ai , não pregam a prosperidade "dos outros" por eles são mais que prósperos em suas vistas mas se não se converterem vão tudo para o inferno .Então pastor Geremias Couto ,Perfil Lotado não me venha com essa história de pastor idiota que na verdade o seu meio de convenção não tem nenhum ou to mentindo ? vamos olhar para a trave em nosso olho primeiro e depois falar dos outros

Marcello de Oliveira disse...

SHALOM!

1. Amado,desejo que te vá bem, tenhas saúde, assim como é próspera a tua alma.

2. Prezado Pr Geremias, escrevo estas pálidas linhas, para desejar-te um FELIZ ANIVERSÁRIO, com as mais copiosas bençãos do ETERNO sobre sua vida, família e profícuo ministério.

3. Longe de me comparar com Fernando Pessoa, Vinicius de Moraes e Machado de Assis, com carinho, segue um acróstico do seu nome:

G: Ganhador de ALMAS
E: Ensinador da PALAVRA
R: Rico da maravilhosa GRAÇA
E: Eclético com as PALAVRAS
M: Manso como o NAZARENO
I: Íntegro como DANIEL
A: Amado como DAVI
S: SIMPLES como a POMBA

Um abraço do companheiro,

Pr Marcello Oliveira

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão, amigo e pastor Geremias Couto

- Tentei falar ontem ao telefone, mas não foi possível. Deixo aqui, a partir de Curitiba onde estou neste momento, meus cumprimentos pelo seu aniversário. Seu testemunho e exemplo de vida, tanto pessoal como ministerial, é coisa rara em tempos trabalhosos, como são os nossos. Que o Eterno te conserve com muita vida e saúde e te abençoe rica e abundantemente. Tens dispensado a lisonja e o lucro fácil, frívolo, fugaz e passageiro, confiando nos princípios da Palavra de Deus e nos valores eternais. Tenho aprendido muito. FELIZ ANIVERSÁRIO, amigo.

Quanto ao texto, dispenso qualquer comentário, pois seria apenas redundante.

Parabéns pela brilhante lavra!

Convencido de que também sou mais um IDIOTA,

Seu conservo e admirador,

Pr. Carlos Roberto

Pr. Iranildo Medeiros disse...

Que se levantem todos os Idiotas do Brasil para glória de Deus. Me alegro por ser um deles. Aleluiassssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss!!

Erlon Andrade disse...

Eu pensei que eu era um idiota isolado, porém, ainda existem 7 mil idiotas que não dobraram os joelhos a baal.

Paulo Lemos disse...

Pastor Geremias do Couto "contextualiza" o Sermão do Monte para os "pastores idiotas" que não sabem aproveitar a demanda mercadológica...
Um Capelão aposentado do Senado Americano cujo nome eu não me lembro, disse algo assim: "A Igreja nasceu em Jerusalém e era um organismo vivo, uma comunidade de cristãos, entrou no contexto helenista e se tornou um filosofia, foi para Roma e se tornou uma instituição, na Europa se tornou uma religião, foi para a América e se tornou um negócio", um amigo meu completou essa afirmação dizendo: "...Veio para o Brasil e virou um Circo...(Sem generalizações é claro)"
Paulo Lemos

Moisés Jacob disse...

Pastor Geremias... Muito oportuno o seu texto, Ainda não sou pastor, mas sou grato a Deus por ser um idiota também, neste mundo de tantos pastores espertos. O nosso alvo é Cristo. Que Deus continue te abençoando. Reproduzi parte do seu texto no meu blog e coloquei o seu link direcionando para o texto completo. A paz!
ocristaonosdiasdehoje.blogspot

Matias Borba disse...

Nobre pastor,

Estou apenas assinando as Bem aventuranças. Uma pena o tal tele pregador ter chegado a este ponto. Está cego, e a cegueira é sempre o principal responsável por nossas quedas. E para mim, o tal pastor já está caído a muito tempo.

Deus abençoe, tenho orgulho em fazer parte do grupo dos idiotas!

Abraços!

Luciano de Almeida Gonçalves disse...

Assino conjuntamente.

Um forte abraço!

Antonio Batalha disse...

Como a algum tempo que não fazia uma visita, hoje resolvi ver o que está a escrever.É o anseio da minha alma que Jesus seja consigo, e encaminhe seus passos pela vereda da justiça. E que Ele cresça na sua vida de maneira que seja visto pelas pessoas que rodeiam sua vida, que o amor de Jesus fortaleça sua vida, e seja como um rio transbordante. Também resolvi dizer-lhe que embora não te conheça mas em Cristo te amo, e continue a ser luz. Um abraço.

Valdeci do Carmo disse...

Graça e paz!!! Fico feliz em saber que existem os sete mil que não se dobraram aos profetas de Baal. Homens que ainda não se curvaram a deusa da prosperidade com todos as suas implementações teológicas e litúrgicas. Desejo a ti força e a graça do Senhor para lhe acompanhar nesta árdua jornada de ser propagador do verdadeiro evangelho. Sou um anônimo mas compartilho de sua visão a tempos e me preocupa muito ver como o sistema trata aqueles que lhes são contrários. Não foi diferente nos dias dos apóstolos e não é diferente hoje, assim como não foi diferente durante a idade das trevas, onde imperava a religiosidade católica como verdade única e absoluta no universo. O poder crescente e os grandes feudos para serem cuidados e "preservados" para os herdeiros têm feito muitos grandes líderes se desviarem da verdade e por consequência levado muitos outros seguidores desinformados ou até mesmo sem o poder da expressão a cometerem os mesmos erros de seus líderes. O que estamos transmitindo a esta geração? Me preocupa muito o fato de existirem poucos referencias para os jovens que se enfileiram na "grande obra". Infelizmente muitos servos do Senhor que poderiam ser imitados e até mesmo tidos como exemplos de fidelidade e perseverança na verdadeira sã doutrina, são centrifugados para fora do sistema.
Não sou escritor, não lido muito bem com as palavras escritas, mas tenho usado a palavra falada para continuar batalhando pela fé que uma vez foi dada aos santos.
Abraço na paz de Cristo e acredito que muito em breve o teremos em nossa faculdade aqui em Cuiabá.

Valdeci do Carmo

João Paulo disse...

Dileto pastor Geremias, a paz do Senhor!

Muito boa postagem!

Abraço fraterno,

João Paulo M. de Souza
www.joaopaulomsouza.blogspot.com

João Paulo disse...

A paz do Senhor, pastor Geremias!

Boa postagem!

Em Cristo,

JP

João Emiliano Neto disse...

Idiotas são esses malafaias que não passam de seres ferozes a solta nas igrejas a ferirem com absurdas retaliações e deslavadas heresias o povo eleito de Deus no Brasil e no mundo todo...

Antonio Santos disse...

Analisando as bem aventuranças e aplicando-as a minha realidade ministerial, reconheço que também sou um idiota. Todavia, me conforta pensar que os espertos do outro lado,quando me classifica de idiota,caem na malha da palavra de Deus, pois ao contrário deles ,a mesma Palavra,me classifica como sábio.Parafraseando AP 22.11, " quem é esperto,seja esperto ainda...quem é idiota, seja idiota ainda.Vamos aguardar o final para ver quem é quem nesta estória. Bv